Como passei em MEDICINA: depoimentos

O sonho de grande parte dos alunos e dos seus pais é um dia conseguir fazer parte do seleto grupo de profissionais valorizados e bem pagos: os médicos. Para isso, exige-se dos alunos grande dedicação aos estudos. Vamos ver como 3 estudantes bem sucedidos conseguiram alcançar esse alvo tão sonhado e buscado.

Depoimentos retirados do site SUPER VESTIBULAR da BOL neste link.

Uma dica dada pela grande maioria dos aprovados é: tenha foco e não desista. A estrada parece não ser fácil e às vezes nem um pouco prazerosa, mas você encontrará lá na frente o delicioso gosto do sucesso.

Acredite e otimize

A estudante Lauriene Maia Sant´Anna, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que concluirá o curso em 2019, diz que quando ela alcançou uma rotina de estudos a ponto de otimizar o seu tempo, ela estudava uma média de 5 horas por dia, e até mesmo aos fins de semana mantinha uma rotina de 9 horas por dia. Mas uma palavra de cautela: em todo tempo restante ela destinava aos momento de lazer.

Lauriene Maia Sant´Anna

Durante a semana: 5 horas por dia de estudo.
Fins de semana e feriado: 9 horas por dia.
Horas vagas: Diversão

A estudante afirma que ter um bom planejamento e a disciplina é muito importante, mas também é necessário acreditar na sua capacidade e no ritmo. Além disso, ter o apoio e o incentivo de amigos e familiares é de fundamental importância para não desistir.

Equilíbrio e foco

Outro depoimento é de Felipe Spicacci, que já é médico graduado em 2013 pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Ele diz que vale a pena cada minuto de esforço e todas as horas a mais gastas estudando para alcançar seu objetivo e aconselha: insistam e não desanimem!

Sua rotina de estudo era: durante a semana ficava das 14h às 20h no cursinho pré-vestibular. Sua preferência era estudar naquele ambiente porque não aconteciam muitas interrupções e poderia sempre falar com alguém para tirar uma dúvida sua. No final de semana ele fazia simulados e descansava.  Dica importante: para as disciplinas que ele mais gostava e tinha mais facilidade, ele tirava tempo para estudar só fazendo exercícios, mas as que ele tinha mais dificuldade ele fazia exercícios e lia a teoria.

Felipe Spicacci

Durante a semana: Cursinho Pré-Vestibular
Fins de semana: Simulados
Disciplinas que gosto: Só Exercícios
Disciplinas que tenho dificuldade: Teoria + Exercícios

Escolha e se dedique

A terceira entrevista foi feita com Fernando Oliveira, estudante da UFU. Ele começa suas dicas dizendo que é necessário que o estudante foque na matéria que tem mais dificuldade e se dedique a ela.

No seu caso particular, a matéria que tinha dificuldade era o português. Por isso, ele fazia um curso de 4 horas por semana, e fazia uma redação por semana. Para as outras matérias, a dica é fazer exercícios de provas anteriores. Para ele, funcionou estudar em casa as outras matérias. Se você tiver dúvidas de como começar o estudo em casa, sem a ajuda de cursinhos, nós do COMO PASSEI temos uma matéria todinha para você.

Fernando Oliveira

Procure um curso especializado na disciplina que você mais tem dificuldade.

Gostou das dicas? Então, bons estudos!

4 dicas para estudar sozinho para o ENEM

Muitos candidatos ao ENEM não podem pagar um cursinho ou não querem estudar em um, mas estudam em casa. Tem como isso dar certo? Aqui vão algumas dicas do COMO PASSEI com a ajuda de alguns que já passaram.

Refaça as provas anteriores do ENEM

Veja onde tem mais dificuldade e reforce seu conhecimento nesse ponto. É muito importante fazer várias provas, pois quem estuda em casa não tem um professor que o oriente ao conteúdo, mas você precisa saber o que vai estudar. As provas anteriores vão mostrar quais são os conteúdos mais cobrados e dar uma linha de estudo para seguir.

Evite o desgaste e a falta de concentração

Marque quantas horas por dia você vai estudar de acordo com o SEU período de concentração e mescle as disciplinas: primeiro estude uma de exatas e depois uma de biológicas, por exemplo.

Foco na redação

Faça uma ou duas redações toda semana, utilizando o mesmo espaço disponível na prova do ENEM. Mantenha-se atualizado com as notícias do Brasil e do mundo. Seja crítico com a sua redação, veja os pontos que são cobrados pelo ENEM e avalie a sua redação alguns dias depois que você a fizer.

Descanse o tempo que precisar mas não seja preguiçoso

Muitos vestibulandos acreditam que se isolar do mundo e estudar até a exaustão pode levar ao sucesso. Mas se você não descansar o suficiente, você não irá absorver boa parte do que estuda, na verdade aprenderá muito menos do que quando a sua mente está descansada e feliz.

Mas isso não significa que você não terá que estudar quando não tiver vontade. Se isso acontecer, comece a estudar por uma disciplina que você goste, que te empolgue. E logo passe para aquela disciplina que você precisa estudar. A melhor dica para vencer o desânimo é: COMECE. Simples assim, apenas comece e todo o resto vai acontecer.

Bons estudos!